Marketing Boca a Boca

15 de out de 2013 | Publicidade, Web

Boardwalk

Donos de marca nunca são donos da sua própria marca. Consumidores são.

Com a chegada das redes sociais e todo o acúmulo de informação nos dias atuais, temos cada vez mais consumidores exigentes, que cobram e exigem mais das empresas e dos produtos e serviços. Uma importante ferramenta nessa disputa do mercado de trabalho hoje é o Marketing boca a boca. Digamos que uma pessoa compre um novo shampoo e goste de como ele deixa seus cabelos mais sedosos, consequentemente, ela comentará do produto com outra pessoa, que também experimentará e assim consecutivamente em um efeito dominó, eis aí o Marketing boca a boca, feito de consumidor para consumidor.

Abaixo, um caso bem claro desse tipo de Marketing que ocorreu nos Estados Unidos:

O departamento de turismo de Kentucky (estado dos Estados Unidos) investiu 600.000 dólares para fazer propaganda do estado. Eles lançaram o slogan “ Unbridled Spirit” (Espírito desenfreado), e trabalharam a seguinte ideia “ Kentucky é um lugar onde espíritos são livres para sobrevoar, e grandes sonhos podem ser alcançados. Nós saboreamos a competição e estimamos nossos campeões por suas conquistas, por quebrarem barreiras convencionais e alcançarem novos patamares de sucesso”.

Dois marketeiros de Kentucky acharam que havia algo faltando na campanha oficial e resolveram eles próprios fazerem  uma campanha de reposicionamento de marca do estado. O slogan deles “ Kentucky Kicks Ass” (que traduzido ao pé da letra significa, Kentucky chuta bundas, uma gíria que para nós seria como, Kentucky detona). Eles lançaram um vídeo das pessoas que vivem no estado e “detonam” e criaram toda uma comunicação, que contém frases com fatos de Kentucky como “ Em Kentucky há mais barris de whisky do que pessoas”.

Quando perguntados sobre o movimento “Kentucky kicks ass”, o departamento de turismo declarou: “ Nós certamente não sancionamos ou encorajamos esse tipo de palavreado. Esses caras são nativos de Kentucky e eles amam o estado, mas eles tem um eleitorado diferente, no caso, nenhum. “

A internet ama esse tipo de declaração. Eles alavancaram o movimento “Kentucky Kicks Ass”(e a hashtag #constituencyofnoone) para a imaginação popular em todos os lugares, inclusive no monólogo de abertura do programa de Conan O’Brien. Isso ironicamente gerou grande publicidade para o estado (apesar dos esforços do departamento de turismo) e também encorajou os caras por trás do movimento a continuarem.

“ Apesar do que o departamento de turismo de Kentucky diz, nós estamos reformulando a marca. Um movimento novo está crescendo – guiado por cidadãos orgulhosos de Kentucky, internet e um pouco de social media. Nossas metas permanecem as mesmas  – aumentar o turismo, o orgulho dos cidadãos locais, diminuir estereótipos, trazer novos negócios e distinguir Kentucky de qualquer outro lugar no planeta.

Todos os marketeiros querem gerar um boca a boca para as suas marcas, mas ás vezes esquecem que isso significa praticamente perder o controle. Isso requer uma mentalidade diferente. “ Sanção e condolência” não funcionam no mundo do social media. Nós não podemos controlar a força criativa, mas podemos acompanhá-la.

Portanto, é importante que mesmo pequenas empresas se preocupem com sua imagem e interajam com seus consumidores, aumentando sua visibilidade e fazendo com que eles mesmos “espalhem” sua marca. Um exemplo muito claro é o escândalo da Coca-Cola e o rato, que viralizou nas redes sociais e fez com que a multinacional desenvolvesse um vídeo respondendo às críticas e convidando seus consumidores à conhecerem suas fábricas a fim de convencê-los de que seu produto é muito bem embalado e não apresenta riscos, mas isso não se aplica apenas à grandes empresas, mesmo um negócio local corre o risco de perder seus clientes se não cuidar de sua imagem.

É aí que entram as agências de publicidade, para aumentar o engajamento entre sua empresa e clientes e assim proporcionar consumidores mais satisfeitos e consequentemente mais fiéis. Quer investir na imagem de sua empresa? Nós da Procriativo teremos o prazer em ajudar.

Fonte: tomfishburne

Posts relacionados

Postado em Publicidade, Web
por Procriativo - ( )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *